Carreiras

“Queremos crescer enquanto parceiro das empresas”



22.07.2022



  PARTILHAR




O antigo vice-presidente da Cisco para o sudoeste europeu vai liderar a operação ibérica do Grupo Primavera, assumindo a direção executiva da empresa nos mercados de Portugal e Espanha. Com um longo percurso de mais de três décadas de carreira em cargos de liderança internacional, Santiago Solanas assume o atual desafio com a missão de “transformar o Grupo Primavera na plataforma líder em software de gestão” nos dois países.

É nas pequenas e médias empresas (PME) que centra o seu foco, mas os objetivos da sua liderança são transversais a toda a economia. “Quero ajudar a melhorar a qualidade da gestão das PME através da tecnologia. Representam 98% “Queremos crescer enquanto parceiro das empresas” Santiago Solanas 54 anos, é o novo diretor-executivo do Grupo Primavera do tecido empresarial e geram cerca de 70% dos empregos privados”, vinca Santiago Solanas, acrescentando que “o sucesso desta missão beneficia todos”.

O novo diretor-executivo do Grupo Primavera assume funções depois da aquisição da tecnológica portuguesa pelo fundo de investimento Oakley Capital, que detém já um conjunto de empresas espanholas, como o fabricante de software de gestão cloud (na nuvem) para PME e grandes empresas, EKON, a Contasimple, a Billage, Prosoft, GSE, Profiture e El Club del Asesor, tendo como objetivo estratégico liderar o mercado ibérico de software de gestão empresarial na nuvem. Já em 2022, avança Santiago Solanas, “esperamos atingir uma faturação de €80 milhões e crescer enquanto parceiro das empresas portuguesas e espanholas em soluções tecnológicas de gestão na nuvem”.

Habituado a liderar em contextos desafiantes, o novo diretor-geral defende que “as empresas devem ser capazes de entregar resultados ao mesmo tempo que se transformam, em alguns casos de forma radical”. Consolidar esta estratégia exige tanto do líder como das suas equipas. O primeiro, diz, deve acumular três características fundamentais: “Ter uma visão de futuro e ser capaz de a comunicar às suas equipas, saber ouvir e ter a energia e capacidade de decisão para concretizar a sua visão.”

Já do lado dos trabalhadores, sinaliza, é fundamental que num contexto desafiante como o atual desenvolvam o que diz ser uma “mente dual”. Ou seja, que sejam “orientados para o rendimento e produtividade e ao mesmo tempo para a inovação e capacidade de transformar as suas práticas e, consequentemente, a organização”. E realça: além de serem tecnicamente bons e competentes na sua função, “é necessário que apostem não só em conquistar a capacidade intelectual, mas também o coração e as emoções de colegas, clientes, parceiros e acionistas”. 

FORMAÇÃO
É licenciado em Engenharia de Telecomunicações e possui formação avançada em Gestão, pela Harvard Business School

MISSÃO
“Fazer do Grupo Primavera a plataforma líder de software de gestão em Portugal e Espanha”

AMBIÇÃO DE CARREIRA
“Contribuir para melhorar a qualidade da gestão das pequenas e médias empresas através da tecnologia. Representam cerca de 98% do tecido empresarial e geram cerca de 70% do emprego privado”

PERCURSO
Iniciou a carreira como analista funcional na EDS (atual HP) e soma um percurso de mais de 30 anos de carreira ligado à indústria da tecnologia,  parte deles em cargos de liderança ibérica e europeia em empresas como a IBM, Microsoft, Oracle e Sage. Antes de aceitar o atual desafio era vice-presidente da Cisco para os mercados do sudoeste europeu

HOBBIES
Navegar, leitura, gastronomia e viagens

LEITURAS
“El Océano Pacífico: Navegantes Españoles del Siglo XVI”, de Carlos Prieto


Cátia Mateus






DEIXE O SEU COMENTÁRIO





ÚLTIMOS EMPREGOS


Arquitetos

SARAIVA+ASSOCIADOS

Coordenadores de Segurança em Obra (CSO)

TUU – Building Design Management

DELEGADO COMERCIAL

Innovair24

ÚLTIMAS FORMAÇÕES


MMOG/LE V 5

RH OPCO Academia