A sua carreira é o nosso trabalho
Empresas

    Voltar
  Fórum RH regressa para debater gest  
  Vendas lideram recrutamento  
Comunicação para empresas

Comunicação para empresas



12.04.2012 | Por Cátia Mateus

A Católica de Braga vai iniciar o Master em Comunicação Empresarial.

A Faculdade de Filosofia da Universidade Católica de Braga prepara-se para dar início a um inovador curso, estruturado em parceria com a AIMINHO – Associação Empresarial do Minho e a AEP – Associação Empresarial de Portugal. O Master em Comunicação Empresarial arranca já este mês, direcionado para PME e jovens licenciados.

Pensado para materializar no terreno a tão ambicionada ligação estreita entre o mundo universitário e as necessidades e aspirações das empresas, o novo Master em Comunicação Empresarial da Católica de Braga constitui, segundo a universidade, “uma forte e inspiradora referência para a comunicação empresarial ao mesmo tempo que promove uma ligação estreita entre a formação de nível universitário e a prática empresarial”.

O programa representa, segundo a sua coordenadora, Luísa Magalhães, “uma inovação de ponta no que diz respeito às relações internas e uma mais-valia fundamental para as PMEs no sentido de as ajudar a corresponder às crescentes exigências do mercado”. A responsável acrescenta ainda que “ser titular desta graduação implicará uma forte consciencialização acerca das limitações existentes em cada empresa, bem como das correspondentes soluções e desenvolvimentos que o Master propõe” e não tem dúvidas de que o curso representará também um ganho competitivo relativamente ao desenvolvimento das soluções comunicativas que visam, acima de tudo, cumprir o sucesso e vencer o futuro.

Flexibilidade é a principal característica do Master da Católica de Braga. O curso divide-se em vários módulos que podem ser frequentados individualmente. A formação total tem 330 horas, divididas por dez unidades curriculares, lideradas por 28 docentes, 18 dos quais empresários com grande experiência e reconhecimento nas suas áreas de intervenção.

Oferecendo ambas as possibilidades - a de frequência integral e modular - o curso é também flexível em termos financeiros. “Os valores de propina são variáveis de acordo com os módulos e obedecem a protocolos estabelecidos previamente com as várias associações parceiras”, explica Luísa Magalhães. A frequência total do Master tem um custo de 3971 (que incluí também a candidatura e a matrícula). Já a frequência por módulos tem um custo que varia entre os 75 euros (para quatro horas) e os 400 euros (para 30 horas de módulos). As candidaturas decorrem até 15 de abril.

    Voltar
  Fórum RH regressa para debater gest  
  Vendas lideram recrutamento  


Deixe o seu comentário




 
Publicidade
Siga-nos: Facebook Expresso Emprego Twitter Expresso Emprego Linkedin Expresso Emprego

Publicidade


Formação Em Destaque...   Formação
 

Senior Accountant

Page Personnel

Engenheiro de Qualidade

Michael Page

Gestor de Projectos Melhoria Contínua

Michael Page

Chefe de Embalamento

Michael Page

Purchasing Manager

Michael Page

Director de Operações

Hays
 

Publicidade

©2014 | Expressoemprego | Todos os direitos reservados