Notícias

Atenção startups, há €50 mil para o melhor projeto

Atenção startups, há €50 mil para o melhor projeto

Google, McKinsey e Rocket Internet uniram-se para distinguir o melhor da iniciativa empresarial europeia. O Prémio Europeu de Empreendedorismo – Digital Top 50 – já recebe candidaturas.

01.08.2016


  PARTILHAR
LinkedIn Twitter Facebook Google+



O que há de melhor no cenário tecnológico europeu? Você.” É esta a convicção da Google, da McKinsey e da Rocket Internet e foi para potenciar o que há de melhor na inovação tecnológica nacional e na iniciativa empresarial que juntas criaram o Prémio Europeu de Empreendedorismo – Digital Top 50 (DT50) que tem €50 mil para reconhecer os projetos tecnológicos mais inovadores do velho continente. As candidaturas abriram este mês e decorrerão até 1 de outubro.

“Um dos factos mais marcantes acerca da tecnologia digital é que alguém com uma ideia excelente pode usar o poder da internet para inventar o futuro e lançar o próximo grande projeto”. É Torsten Schuppe, diretor de Marketing da Google para a Região da Europa, Médio Oriente e África (EMEA), quem o afirma sem deixar de reconhecer que esta é uma viagem dura para os empreendedores. “É difícil saber por onde começar e onde procurar ajuda”. Apoiar estes empreendedores é um dos propósitos do Prémio Europeu de Empreendedorismo que a tecnológica está a promover, em parceria com a McKinsey e a Rocket Internet. “Queremos apoiar os empreendedores europeus a fazer crescer as suas ideias para que se transformem em novos projetos”, realça o porta-voz da Google.

Aos prémios DT50 podem candidatar-se startups e scaleups inovadoras de países da União Europeia e da European Free Trade Association (EFTA) nas categorias de Top B2B Startup, Top B2C Startup, Top B2B Scaleup, Top B2C Scaleup e Tech for Social Impact. O objetivo dos três parceiros é “reconhecer as startups e scaleups mais promissoras que serão as líderes digitais europeias de amanhã”, e também a organização tecnológica europeia que se destaca pelo seu papel no campo da intervenção e impacto social, com a distinção Tech for Social Impact (Tecnologia com Impacto Social). Os vencedores nas categorias de Startup e Tech for Social Impact serão premiados com um prémio monetário no valor de €50 mil. Os cinco vencedores poderão também aceder a apoios ao nível do aconselhamento profissional e programas de consultadoria e formação estruturados – o INSEAD é parceiro académico da iniciativa – e a uma vasta rede de contactos relevantes na indústria.

“O talento empresarial é um factor-chave para a digitalização na Europa. Precisamos de grandes talentos que possam acelerar a disrupção de quase todos os modelos de negócio”, relembra Karel Dorner, partner da McKinsey. A empresa, uma das promotoras do prémio, compromete-se a “apoiar a visão estratégica” dos empreendedores candidatos e disponibilizar, em conjunto com a sua unidade Digital McKinsey, consultoria e formação. “Adicionalmente, queremos ligar os empreendedores às empresas e aos especialistas líderes na indústria porque já é tempo de aproveitar a sua ideia e o seu talento”, enfatiza Karel Dorner.

Oliver Samwer, CEO da Rocket Internet, realça também a relevância destes prémios no contexto europeu. “O ambiente tecnológico na Europa está a crescer rapidamente. Vemos cada vez mais empreendedores a criarem grandes empresas”, explica argumentando que “os prémios DT50 são uma grande oportunidade para as empresas reunirem dinheiro e ganharem também acesso a uma grande rede de experiência e de contactos relevantes nesta indústria”. A Rocket Internet, que lidera, já criou mais de 100 empresas em 110 países e por isso, assegura Samwer, “sabe quais são os passos necessários para tornar um negócio bem-sucedido” e para apoiar os empreendedores. A seleção dos projetos vencedores será assegurada por um júri de especialistas do universo tecnológico e empresarial. As candidaturas podem ser formalizadas na página oficial do DT50 (em www.dt50.org) até ao primeiro dia de outubro.



OUTRAS NOTÍCIAS
Dinheiro é com ele!

Dinheiro é com ele!


Os clientes de Sebastião de Lancastre são as empresas. Grandes empresas como a EMEL, a Renova, Ikea, mas também organizações do terceiro sector como a Unicef. &ldquo...

A geração de empreendedores que pode mudar o Turismo

A geração de empreendedores que pode mudar o Turismo


Para Sonia Tatar, CEO mundial da Les Roches International School of Hotel Management, uma das mais reputadas escolas de Hotelaria e Turismo do mundo, a questão do momento é “qual a...

A inovação começa no recrutamento

A inovação começa no recrutamento


A empresa utilizou recentemente drones para colocar mensagens como “é mesmo isso que queres fazer da tua vida?” ou “queres que te tirem daí?”, em frente às...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO




ÚLTIMOS EMPREGOS


Advogado

Anónimo

ADVOGADO

Crédito Agrícola