Notícias

4 competências essenciais aos millennials em 2017

4 competências essenciais aos millennials em 2017

A Forbes contactou 100 diretores de Recursos Humanos de empresas de topo para saber que competências são hoje essenciais em candidatos da geração millennial. A maioria destaca as competências comportamentais e coloca enfase em quatro:

27.02.2017


  PARTILHAR
LinkedIn Twitter Facebook Google+



1 Atenção
Os empregadores valorizam as competências técnicas, mas não há dúvidas de que as comportamentais são já determinantes. Entre elas a atenção. Ser minucioso nos detalhes e atento aos detalhes pode ser um importante trampolim de carreira.

2 Mais do que o canudo
Uma licenciatura era até aqui um requisito base, mas o cenário mudou. Aspetos como o relacionamento interpessoal, a proatividade, a liderança tornaram-se tão ou mais essenciais.

3 Agilidade
Para se adaptarem à velocidade a que hoje mudam as empresas e os contextos, os millennials precisam de agilidade e quanto mais cedo desenvolverem esta capacidade, maiores as probabilidades de assumirem desafios de carreira aliciantes. Segundo os empregadores inquiridos pela Forbes, é essencial que um jovem profissional tenha um plano A, um B e um C para qualquer projeto que desenvolva e se todos estes falharem, que seja capaz de formular um plano alternativo, à velocidade a que os negócios hoje exigem, sem entrar em desespero.

4 Humildade
Não se achar superior aos seus pares, admitir que há temas que desconhece e pedir ajuda quando necessário estão, aos olhos dos empregadores, entre as competências mais avançadas que um candidato em início de carreira pode ter. E são raras de encontrar. Os empregadores inquiridos pela Forbes garantem que não é incomum um jovem candidato, apesar da inexperiência, elevar a fasquia da sua negociação salarial para patamares ao nível de profissionais com cinco ou seis anos de carreira e relembram que o canudo e uma média de final de curso não são tudo.



OUTRAS NOTÍCIAS
Navigator enfrenta consultoras na luta pelo talento

Navigator enfrenta consultoras na luta pelo talento


Tem pelo menos 130 vagas para preencher este ano (fora os 50 estágios que estão programados), uma necessidade imensa de rejuvenescer uma equipa com elevado grau de senioridade e de ca...

Como as universidades criaram laboratórios de empregabilidade

Como as universidades criaram laboratórios de empregabilidade


De norte a sul do país, é rara a instituição de ensino superior que não realize uma ou mais feiras de emprego, a cada ano letivo. O conceito é simples: jun...

Os millennials cresceram, mas a gestão de talento nunca mais será igual

Os millennials cresceram, mas a gestão de talento nunca mais será igual


Nascidos entre 1982 e 1997, os Millennials são a primeira geração de nativos digitais, também conhecida como Geração Y ou a Geração Me (gera&...



DEIXE O SEU COMENTÁRIO




ÚLTIMOS EMPREGOS