Carreiras

Quando crescer quero ser...

Gosta de biologia e medicina. Mas filosofia também lhe parece interessante, sem falar de contabilidade com todos aqueles números e cálculos! E o fóssil que tem em casa coloca-o pensativo...

01.01.2000



  PARTILHAR




Gosta de biologia e medicina. Mas filosofia também lhe parece interessante, sem falar de contabilidade com todos aqueles números e cálculos! E o fóssil que tem em casa coloca-o pensativo... arqueologia é descobrir um mundo antigo!

Podia eliminar algumas destas hipóteses logo à partida por falta de "jeito". O que não é o seu caso, porque sempre se achou bom em tudo e capaz de fazer e se adaptar a qualquer coisa. Esta flexibilidade tem as suas vantagens, mas quando se trata de decidir o futuro pode complicar bastante.

Que carreira seguir? Qual a área de maior interesse para si? São perguntas para as quais não encontra resposta o que o podem deixar sem "chão". Se a ideia o consola, dizemos-lhe que não está sozinho. Já existiram casos semelhantes ao seu, ainda existem e, seguramente, vão continuar a existir. Respirou um "uff" de alívio? Então vamos continuar!

Tem a certeza de que gosta dessas áreas todas? Não se iluda porque em cada área nem tudo pode ser as "sete maravilhas" que pensa. Faça uma lista das carreiras que gostava de seguir e, para cada uma delas, discrimine, por exemplo, 10 hipóteses de funções que poderia ter. Agora risque aquelas em que não se identifica e que não gosta tanto como isso.

Depois de ter eliminado as possibilidades de que não gostava, olhe para as restantes e tente hierarquizá-las consoante o conhecimento que tem sobre elas e o seu verdadeiro interesse.

É apenas uma curiosidade ou está disposto a fazer carreira nessa profissão? Seja criterioso e pense em termos de futuro.

Nesta fase, temos a certeza de que a sua lista está mais pequena e com profissões que são do seu maior interesse. Está na altura de fazer alguma pesquisa sobre as áreas que considera possíveis para uma carreira e, ao mesmo tempo, faça uma auto-análise. Conheça melhor as suas capacidades, a sua personalidade, valores, gostos, etc.

Depois, veja como o seu "EU" se adequa às áreas que ainda sobreviveram na lista. É possível que volte a estabelecer novas prioridades e a eliminar uma outra hipótese. Agora, olhe bem para a lista que tem à sua frente e siga uma orientação a partir dos resultados.

Este processo não pretende ficar apenas com uma opção e nem é fácil ou rápido. Entenda estes passos como uma forma de reduzir a lista para melhor conseguir lidar com as escolhas e seguir as suas preferências.
Se conhece outras pessoas na sua situação, elaborem estas etapas juntos. Quem sabe alguém lhe pode alertar para alguns factores da sua personalidade ou vocação que ainda não tinha pensado?

Boa sorte e... boa opção de carreira!

TP






DEIXE O SEU COMENTÁRIO




ÚLTIMOS EMPREGOS


ACCOUNT MANAGER

Spring Professional Portugal

ACCOUNT RECEIVABLE

Spring Professional Portugal

ADMINISTRATIVO FINANCEIRO

Grupo Multipessoal