Carreiras

A paixão pela educação... por Helena Franco



01.01.2000



  PARTILHAR




A paixão pela educação... por Helena Franco

Professora de Português/Inglês, ensino universitário

Desde que me conheço sempre desejei ser professora.
Estar com crianças era para mim tão necessário como beber água.
Eu era a mais velha de cinco irmãos o que fez com que me transformasse um pouco na sua segunda mãe.
Penso que este factor contribuiu para desenvolver um gosto particular por crianças.
Aos 12 anos já eu me sentia orgulhosa e plenamente realizada por ter ensinado os dois do meio a ler, e foi assim que tudo começou.

Quando chegou a altura de entrar para a faculdade não tinha qualquer dúvida da carreira que ia seguir e ingressei na Escola Superior de Educação de Lisboa para realizar o meu sonho de sempre, ser professora.
Os tempos de faculdade foram bons mas dificeis, e quando terminei o curso vi-me confrontada com um mercado de trabalho desgastado, com muito oferta e pouca procura.
Era difícil arranjar trabalho, e como havia um programa de incentivos para os professores que fossem ensinar para o interior acabei por achar que podia ser um desafio, e fui para uma aldeia do distrito de Castelo Branco.

Custou-me muito separar-me da minha família, mas achei que estava a tomar a opção certa.
A alegria das crianças e a vontade de aprender surpreendeu-me muito, tendo em conta as condições que a escola não tinha e os quilómetros que aqueles 12 meninos andavam todos os dias para lá chegarem.
Por serem tão poucos alunos afeiçoei-me a eles como se fossem a minha família e logo comecei a reivindicar o direito a uma carrinha que os transportasse à escola.
Além disso falei com a Junta de Freguesia, pedindo que fizessem obras na escola.

Fui conseguindo pequenas vitórias, primeiro a carrinha, depois as obras e finalmente o reconhecimento das gentes da aldeia que amiúde me presenteavam com queijos, frutas e outras iguarias alimentícias de fazer crescer água na boca.
Após três anos e uns quilinhos a mais, regressei finalmente a Lisboa.

Tirei um mestrado e mais tarde fui convidada para dar aulas numa universidade que não só era em Lisboa, como era também muito perto de minha casa, uma dádiva que não tivera quando acabei o meu curso, por isso senti que estava a ser compensada por todos os sacrifícios que fizera outrora.
O meu percurso começou nos mais pequenos até chegar aos maiorzinhos, e ensinar Português e Inglês foi sempre a minha paixão.
O caminho que percorri desde o ensino básico à universidade foi uma experiência evolutiva e com a qual aprendi muito.






DEIXE O SEU COMENTÁRIO




ÚLTIMOS EMPREGOS


Administrative Assistant

CAISL - Carlucci American International School of Lisbon

Administrativo

Anónimo

Administrativo

Anónimo